06 de jan de 2021

Fatores Femininos de Infertilidade — Existe Tratamento?

Compartilhe este post

40% dos casos de infertilidade são de causa feminina isoladamente, 30% são masculinas e os 30% restantes são fatores combinados entre homens e mulheres. 

Para entendermos melhor os fatores femininos de infertilidade, fica mais fácil pensarmos no trajeto que o espermatozóide faria dentro do organismo da mulher até encontrar o óvulo para gerar a gestação. 

Pensando nisso, neste artigo listamos alguns motivos que podem ocasionar a infertilidade feminina. Veja abaixo.

Obstáculos que causam infertilidade feminina

 O sistema reprodutor feminino, é composto pela vagina, colo do útero, endométrio (camada interna do útero), tubas uterinas (ou trompas de Falópio) e ovários, existem diversas condições que podem comprometer essas estruturas, reduzindo a chance de gravidez.

Alterações no colo do útero

Embora seja um fator raro, isso ocorre principalmente em mulheres que já tiveram alguma infecção ou fizeram algum procedimento cirúrgico que altere a produção do muco cervical e dificulte a passagem do espermatozóide. 

Fator uterino

O útero é o local onde o embrião é implantado para se desenvolver até o final da gravidez. As alterações uterinas incluem pólipos, miomas, aderências intra-uterinas e malformações uterinas. 

Alterações no endométrio, presença de lesões nas paredes uterinas, alterações na receptividade endometrial, aderências ou até mesmo infecções podem causar infertilidade. Saiba um pouco mais sobre as causas mais comuns de fator uterino:

  • mioma: é o tipo de tumor benigno mais comum encontrado na mulher. Mesmo que na maioria das vezes não gere nenhum sintoma e precise ser operado, em algumas situações ele está dentro da cavidade uterina, ou seja no trajeto do espermatozóide, onde a gravidez irá ocorrer. 
  • pólipos: também conhecido por pólipo endometrial, consiste em um crescimento excessivo de células na parede interna do útero, formando bolinhas semelhantes a cistos que se desenvolvem para o interior do útero. São mais frequentes em mulheres que estão na menopausa, porém podem surgir em mulheres novas, ocasionando a dificuldade para engravidar.
  • sinéquia: quando acontece uma aderência de uma parede do útero com a outra, gerando também um obstáculo principalmente para a implantação.

Trompas

As trompas são a principal causa de infertilidade feminina no Brasil. Elas podem estar obstruídas, podem ocorrer por conta de uma cirurgia pélvica, como apendicite, em decorrência da doença endometriose ou uma sequela de uma infecção prévia por uma bactéria chamada clamídia, que com certa frequência pode causar a obstrução das trompas. 

Ovário

Nos ovários existem, basicamente, dois tipos de problemas: mulheres com o estoque de óvulos normal, mas que não conseguem ovular e o envelhecimento ovariano, decorrente do adiamento da gestação, especialmente após os 35 anos. No entanto, esses problemas podem acontecer em qualquer idade.

É importante ter em mente que independente dos fatores de infertilidade, para todos eles existe um tipo de tratamento, seja clínico, com medicamentos, cirúrgico ou reprodução assistida. 

Gostou de saber quais são os principais fatores de infertilidade feminina? Conheça também as principais causas masculinas de infertilidade.

Para conferir mais dicas e conteúdos, continue acompanhando o blog da VidaBemVinda!

 

Compartilhe este post

Os comentários estão desativados.

Artigos relacionados